Geleia de Amora Americana (Blackberry)

Esta receita é uma adaptação da Sinhá da receita da mesma geleia de amora  (Morus, a amoreira), pois esta amora americana difere por ser uma roseira(Rubus) e seu fruto ser bem diferente da amora morus. Ela é facilmente encontrada congelada e apresenta como diferença marcante a existência de sementinhas em cada baga que compõe a fruta em si. O gosto de fruta silvestre é muito marcante, mas ácida que puxa para o azedo.  Essa geleia tem a  textura firme com as sementes que trazem uma crocância no mastigar.

A cor escura puxa para o bordô e vermelho, consistência durinha, faz dessa geleia uma pedida interessante para você que gosta das “frutinhas vermelhas”, a famosa familia das frutinhas americanas ” berry”.

Ela  tem o aroma de fruta bem madura e sabor agridoce bem característico da fruta, um azedo doce bem pronunciado. No retrogosto o aroma persiste  fica na boca por bastante tempo, de forma untuosa, as sementes cozidas trazem um sabor leve de torrado a esta geleia.

É uma geleia que pode e deve ser apreciada com qualquer coisa. Para uma degustação inusitada, experimente em uma degustação de vinhos tintos encorpados como acompanhamento de queijo parmesão capa preta . Serão sabores poderosos na boca.

A degustação é livre e aproveite da maneira que melhor lhe provier.

VOLTAR